Aprenda a escolher o corte de carne certo para a sua receita

Curiosidades


Quando estamos em frente à uma vitrine de açougue, todas as peças parecem iguais e que servem perfeitamente para o prato que estamos pensando em fazer. Mas não é bem assim. As carnes são divididas entre “carne de primeira” e “carne de segunda”, que são as partes mais macias e as duras do boi, respectivamente.

Abaixo, trazemos algumas dicas de como escolher o corte certo para cada receita que podemos fazer em casa.

Antes de tudo, observe algumas características da carne para fazer uma boa compra e de qualidade. Note a consistência firme da carne, a cor vermelho-brilhante e se a gordura é branca ou amarela-clara. Se a gordura for de uma cor amarela escura, é sinal de que o animal era velho e a carne será dura.

Para início, é interessante saber em que parte do boi é localizado o corte da carne, como visto na imagem abaixo e explicado em seguida.

Cortes de carne

CORTES DE SEGUNDA

1 - Peito: é parte dianteira do boi. É uma carne dura por possuir músculo e fibras. É perfeito para fazer bife à rolê.

2 - Pescoço: é a continuação do peito, por isso também é uma carne dura e usada em pratos como sopas, refogados e cozidos na panela. Essa carne também precisa de um cozimento longo.

3 - Cupim: é uma parte do boi que é cheia de fibras com gordura, localizado logo acima do pescoço. É uma carne bem suculenta e comumente usada em churrascos. É recomendado o cozimento bem lento, enrolado em papel celofane ou em panela de pressão, temperado com sal.

4 - Acém: o maior pedaço dianteiro do boi e é uma carne magra, devendo ser cozinhada em calor úmido. Também é conhecida como “agulha”, “lombo de agulha” ou “alcatrinha”. É uma excelente carne para ensopados, picadinhos, carne moída e bifes de panela.

5 - Paleta: também conhecida como braço ou pá, tem gordura e nervos e é ótima para molhos e ensopados.

6 - Músculo: é uma carne que pode ser usada para fazer caldos, molhos e sopas. Pode ser usado em saladas se for desfiado.

7 - Capa de Filé: é localizado na parte torácica do boi e com grande quantidade de nervos. É muito boa para fazer ensopados e picadinhos e precisa de um cozimento lento.

8 e 16 - Fraldinha: é constituída por músculos, nervos e pouca gordura. É uma carne muito saborosa e ótima para churrasco, bife de panela, ensopado e cozido.

9 - Ponta de Agulha: fica na parte inferior do boi e por isso é dura e cheia de fibras. É uma ótima carne para ser assada, principalmente para churrasco. Para que fique macia, é necessária ser assada por bastante tempo, longe das brasas, para que as fibras fiquem macias.

10 - Filé de Costela: também é conhecida como entrecôte e bife ancho, mas quando está com osso é conhecido como bisteca ou chuleta. É uma carne saborosa e suculenta, ótima para ser utilizada para o churrasco, na grelha ou cozida com legumes.

21 - Rabo: é uma carne que possui bastante osso e muito sabor. É recomendada para fazer ensopados.

CARNES DE PRIMEIRA

11 - Contrafilé: também conhecido como lombo, é uma carne macia e saborosa, situada na parte traseira do boi. É ótima para bife, grelhado e estrogonofe. Não deve ser frita por muito tempo para não endurecer a carne.

12 - Filé Mignon: essa carne não possui nervo nem gordura. Tem sabor adocicado e suculento, além de ser uma carne macia. É recomendada para estrogonofe, rosbife e medalhão.

13 - Picanha: possui uma grossa camada de gordura e é bastante macia. É muito suculenta e saborosa. Possui um fácil preparo e por isso, é própria para churrasco. Também é muito indicada para assar, grelhar ou fazer carne de panela. Preste atenção: a picanha possui entre 1kg e 1,5kg. Acima deste peso, é provável que a carne não tenha sido separada do coxão duro para a venda.

14 - Alcatra: esse tipo de carne possui pouca gordura e é bastante macio. É recomendado para churrasco, bife, assado e refogados.

15 - Maminha: é uma carne macia, suculenta e de sabor macio. É indicada para churrascos, carnes de panela e bifes bem passado. É importante cortá-la contra as fibras, para garantir a maciez e o sabor.

17 - Patinho: é uma carne macia e por isso é recomendada para bifes à milanesa e carne moída.

18 - Coxão Duro: também conhecido como ponto de alcatra, possui fibras e é envolvido por uma capa de gordura. É muito bom para molhos e sopas.

19 - Coxão Mole: é um músculo de consistência macia, indicada para assar, grelhar, bifes e carne moída.

20 - Lagarto: é uma carne com coloração mais clara. Pode ser servida como carne de panela ou assada. Quando cru, pode ser servido com carpaccio.

 

Agora que você sabe um pouco mais sobre os diversos cortes de carne, já dá pra fazer um jantar pra lá de especial né?

Até a próxima :)

 

 


Compartilhar: